Dinâmicas no uso e cobertura da terra: perspectivas e desafios da Demografia

  • Julia Corrêa Côrtes Unicamp
  • Álvaro de Oliveira D’Antona Unicamp
Palavras-chave: Demografia, Mudança no uso e cobertura da terra, Amazônia

Resumo

Pensando de forma integrada a relação população-ambiente, o artigo aborda os estudos sobre dinâmica populacional e mudança no uso e cobertura da terra, com foco na contribuição e nos desafios da Demografia. Aproximando-se do tema em meados dos anos 1990, a Demografia teve como principal contribuição destacar a importância dos componentes populacionais nos modelos, antes, colocados como secundários e sob uma perspectiva simples. Demógrafos brasileiros dedicados a questões ambientais, embora tivessem prioritariamente a temática urbana no seu escopo, colaboraram de maneira indireta para a desenvoltura do campo, ao proporem uma releitura sobre relações população-ambiente. O artigo parte do caso da Amazônia brasileira, mostrando como a população foi explorada nas teorias sobre mudanças nos usos e coberturas da terra, passando pelo viés do crescimento populacional durante o período de fronteira agrícola, o modelo de ciclo de vida do domicílio (fecundidade e composição do domicílio) na década de 1990 e, mais recentemente, o enfoque no componente migratório. Para a Demografia, aponta-se como essencial o aprofundamento nos elementos demográficos que não o volume e a inclusão do espaço e seus efeitos. Para a construção da Ciência da Mudança da Terra, destacam-se a incorporação de dinâmicas urbanas nas investigações, a adoção de uma metodologia multiescalar e o exercício do diálogo entre as diversas disciplinas, incorporando mais sistematicamente a contribuição da Demografia.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-06-30
Como Citar
Côrtes, J. C., & D’Antona, Álvaro de O. (2014). Dinâmicas no uso e cobertura da terra: perspectivas e desafios da Demografia. Revista Brasileira De Estudos De População, 31(1), 191-210. Recuperado de https://rebep.org.br/revista/article/view/649
Seção
Artigos originais