A família no século XXI: um enfoque demográfico

Elza Berquó

Resumo


Este trabalho visa contribuir para a discussão atual sobre a viabilidade da hipótese de convergência nas transformações por que vem passando a família. Será que na medida em que os países se industrializam e se urbanizam, a família deverá passar pelas mesmas etapas de modificações por que passaram e continuam passando os países mais desenvolvidos do Ocidente? A queda acentuada da fecundidade, o alimento da longevidade, a crescente inserção da mulher no mercado de trabalho, a liberação sexual, a fragilidade cada vez maior das uniões, o individualismo acentuado, etc., são tendências que vem atuando no sentido de alterar o tamanho, a estrutura e a função da família. Faz falta um enfoque demográfico destas questões em conjunto para permitir pensar a família brasileira no próximo século. Este trabalho se orienta nesta direção.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Revista Brasileira de Estudos de População, ISSN 0102-3098 (Impresso) e ISSN 1980-5519 (on-line) 

E-mail: editora@rebep.org.br e secretaria@rebep.org.br 

Financiadores:

 

        

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia