Dados de migração de última etapa e data fixa do Censo Demográfico Brasileiro de 1991: uma análise de consistência

José Alberto Magno de Carvalho, José Teixeira Lopes Ribeiro, Maria Bernardette Araújo, Cláudia Júlia Guimarães Horta

Resumo


Ao analisar os dados censitários de 1991, foram identificados indivíduos com mais de cinco anos de residência na Unidade da Federação (UF) – quesito de última etapa – que declararam outra UF de residência em 1o de setembro de 1986 – quesito de data fixa –, o que levou os autores a avaliar a consistência dos dados sobre migração interna do Censo Demográfico de 1991. Realizaram-se testes de consistência, com o objetivo de identificar qual dos dois quesitos foi, com maior probabilidade, respondido de forma errônea. O artigo conclui que, no tocante aos “transgressores”, a informação de data fixa é mais confiável do que a de última etapa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Revista Brasileira de Estudos de População, ISSN 0102-3098 (Impresso) e ISSN 1980-5519 (on-line) 

E-mail: editora@rebep.org.br e secretaria@rebep.org.br 

Financiadores:

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia