Por um novo paradigma do fazer políticas – políticas de/para/com juventudes

  • Mary Garcia Castro UFBA
  • Miriam Abramovay Universidade Católica de Brasília

Resumo

O artigo reflete sobre políticas públicas de, para e com juventudes. Após um breve histórico sobre enfoques de políticas que têm os jovens como objeto na América Latina, com destaque para o caso brasileiro, discute os seguintes complicadores à elaboração e acompanhamento de políticas de/para/com juventudes no Brasil: o paradigma conceitual sobre juventude; as condições de vida de juventudes no país; o macrocenário ou paradigma sócio-político econômico-cultural; a formatação convencional das políticas públicas; a formatação das políticas públicas elaboradas para a juventude. Ao final, destacam-se proposições de ações considerando os jovens em diversas dimensões elaboradas pelos próprios jovens, em diversas localidades no Brasil, no âmbito de pesquisas, seminários e encontros promovidos pela Unesco e parceiros.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-09-26
Como Citar
Castro, M. G., & Abramovay, M. (2013). Por um novo paradigma do fazer políticas – políticas de/para/com juventudes. Revista Brasileira De Estudos De População, 19(2), 19-46. Recuperado de https://rebep.org.br/revista/article/view/311
Seção
Artigos originais