A cidadania vulnerabilizada na América Latina

Martin Hopenhayn

Resumo


O artigo aborda distintos campos nos quais o exercício da cidadania e a titularidade dos direitos adquirem hoje, na América Latina, um caráter especialmente problemático: o campo do trabalho e a flexibilização do trabalho, com a perda da centralidade do espaço do trabalho para a participação cidadã; o campo da identidade, no qual a maior visibilidade pública da “questão étnica” e da “questão do gênero” redefine e privilegia novas lutas cidadãs; a perda da soberania do Estado perante a globalização e o seu impacto sobre o exercício da cidadania; as possibilidades de recriar formas de cidadania através das redes virtuais; as formas como os discursos de controle sobre a violência e as drogas restringem a condição de cidadania em alguns atores; e o impacto sobre a cidadania da forte dissonância entre a difusão do acesso aos bens simbólicos (comunicação, educação, informação) e a concentração do acesso aos bens materiais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Revista Brasileira de Estudos de População, ISSN 0102-3098 (Impresso) e ISSN 1980-5519 (on-line) 

E-mail: editora@rebep.org.br e secretaria@rebep.org.br 

Financiadores:

 

        

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia