O fenômeno dos refugiados no mundo e o atual cenário complexo das migrações forçadas

  • Daniela Florêncio Silva Universidade Federal de Pernambuco

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Florêncio Silva, Universidade Federal de Pernambuco
Geógrafa e Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco

Referências

ACNUR – Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados. Manual de procedimentos e critérios para a determinação da condição de refugiado: de acordo com a Convenção de 1951 e o Protocolo de 1967 relativos ao Estatuto dos Refugiados. 3. ed. 2011. Disponível em: http://www.acnur.org/t3/fileadmin/Documentos/portugues/Publicacoes/2013/Manual_de_procedimentos_e_criterios_para_a_determinacao_da_condicao_de_refugiado.pdf?view=1. Acesso em: 08 mar. 2017.

AGUIAR, C. M. Refugiados: entre a política do medo e da solidariedade. Estadão Noite, 03 set. 2015.

BRAGA, J. L. R. Os campos de refugiados: um exemplo de “espaços de exceção” na política contemporânea. In: 3° ENCONTRO NACIONAL ABRI 2011. Proceedings online... São Paulo: Associação Brasileira de Relações Internacionais, Instituto de Relações Internacionais – USP, 2011. Disponível em: http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000122011000200036&lng=en&nrm=abn. Acesso em: 01 out. 2015.

BRAGA, J. L. R.; KAROL, E. A temática dos refugiados na geografia da população. In: 10° ENCONTRO NACIONAL DE PRÁTICA DE ENSINO EM GEOGRAFIA (ENPEG). Anais... Porto Alegre, 2009. Disponível em: http://www.agb.org.br/XENPEG/artigos/GT/GT5/tc5%20(30).pdf. Acesso em: 20 mar. 2015.

CASTLES, S. Entendendo a migração global: uma perspectiva desde a transformação social. REMHU – Revista Interdisciplinar da Mobilidade Humana, Brasília, v. 18, n. 35, p. 11-43, jul./dez. 2010. Disponível em: http://www.csem.org.br/remhu/index.php/remhu/article/view/227. Acesso em: 14 abr. 2015.

FARKAS, S. O.; MARTINHO, T. Prefácio. In: BORDAS, M. A. (Org.). Geografias em movimento. São Paulo: Edições Sesc, n. 9, 2013.

HAESBAERT, R. Territórios em trânsito. In: BORDAS, M. A. (Org.). Geografias em movimento. São Paulo: Edições Sesc, n. 9, 2013. p. 65-81.

_________. O mito da desterritorialização: do “fim dos territórios” à multiterritorialidade. 7. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2012.

HOBSBAWM, E. Era dos extremos: o breve século XX (1914-1991). 2. ed. Tradução: Marcos Santarrita. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

HUMAN RIGHTS WATCH. Waiting here for death: displacement and “villagization” in Ethiopia’s Gambella Region. 2012. Disponível em: https://www.hrw.org/report/2012/01/16/waiting-heredeath/forced-displacement-and-villagization-ethiopias-gambella-region. Acesso em: 05 nov. 2015.

JAROCHINSKI SILVA, J. C. Uma análise sobre os fluxos migratórios mistos. In: RAMOS, A. C.; RODRIGUES, G.; ALMEIDA, G. A. (Org.). 60 anos de ACNUR: perspectivas de futuro. São Paulo: Ed. CLA Cultural, 2011. p. 201-220. Disponível em: http://www.acnur.org/t3/fileadmin/Documentos/portugues/Publicacoes/2011/60_anos_de_ACNUR_-_Perspectivas_de_futuro.pdf?view=1. Acesso em: 29 abr. 2015.

JUBILUT, L. L.; MADUREIRA, A. L. Os desafios de proteção aos refugiados e migrantes forçados no marco de Cartagena + 30. REMHU – Revista Interdisciplinar da Mobilidade Humana, Brasília, v. 22, n. 43, p. 11-33, jul./dez. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/remhu/v22n43/v22n43a02.pdf. Acesso em: 26 abr. 2015.

MOULIN, C. Protection and vulnerability in urban contexts: the case of refugees in Rio de Janeiro. Humanitarian Action in Situations Other than War (HASOW), 2013. Disponível em: http://www.urban-response.org/resource/8703. Acesso em: 09 mar. 2017.

_________. Os direitos humanos dos humanos sem direitos: refugiados e a política do protesto. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 26, n. 76, p. 145-224, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbcsoc/v26n76/08.pdf. Acesso em: 10 dez. 2015.

RAMOS, A. C. Asilo e refúgio: semelhanças, diferenças e perspectivas. In: RAMOS, A. C.; RODRIGUES, G.; ALMEIDA, G. A. (Org.). 60 anos de ACNUR: perspectivas de futuro. São Paulo: Ed. CLA Cultural, 2011. p. 15-44. Disponível em: http://www.acnur.org/t3/fileadmin/Documentos/portugues/Publicacoes/2011/60_anos_de_ACNUR_-_Perspectivas_de_futuro.pdf?view=1. Acesso em: 29 abr. 2015.

STIENNE, A. Vol de terres en Éthiopie. Visionscarto, 9 juin 2015. Disponível em: https://visionscarto.net/vol-de-terres-en-ethiopie. Acesso em: 30 jun. 2015.

UNHCR – United Nations High Commissioner for Refugees. Global trends forced displacement in 2015. 2016. Disponível em: http://www.unhcr.org/statistics/unhcrstats/576408cd7/unhcrglobal-trends-2015.html. Acesso em: 15 ago. 2016.

_________. World at war. Global trends forced displacement 2014. New York: Oxford University Press, 2015. Disponível em: http://unhcr.org/556725e69.pdf. Acesso em: 15 ago. 2015.

_________. Current dynamics of displacement. The state of the world’s refugees 2006: human displacement in the new millennium. New York: Oxford University Press, 2006. p. 09-29. Disponível em: http://www.unhcr.org/4444afc50.html. Acesso em: 12 set. 2015.

_________. The changing dynamics of displacement. The state of the world’s refugees 2000: fifty years of humanitarian action. New York: Oxford University Press, 2000. p. 275-288. Disponível em: http://www.unhcr.org/3ebf9bb80.html. Acesso em: 12 set. 2015.

WARMINGTON, B. H. O período cartaginês. In: MOKHTAR, G. (Org.). História geral da África, II: África antiga. 2. ed. Brasília: Unesco, 2010. p. 473-500.

ZETTER, R. Protection in crisis: forced migration and protection in a global era. Washington, DC: Migration Policy Institute, 2015. Disponível em: http://www.migrationpolicy.org/research/protection-crisis-forced-migration-and-protection-global-era. Acesso em: 15 jul. 2015.

Publicado
2017-08-23
Como Citar
Silva, D. F. (2017). O fenômeno dos refugiados no mundo e o atual cenário complexo das migrações forçadas. Revista Brasileira De Estudos De População, 34(1), 163-170. https://doi.org/10.20947/S0102-3098a0001
Seção
Ponto de Vista