As amenidades naturais influenciam a escolha locacional dos trabalhadores? Evidências para as regiões metropolitanas brasileiras

  • Roberta de Moraes Rocha UFPE-CAA
  • André Matos Magalhães UFPE
Palavras-chave: Valoração das amenidades, Abordagem hedônica, Qualidade das amenidades naturais

Resumo

O artigo apresenta evidências da importância das características naturais das regiões metropolitanas brasileiras para as escolhas locacionais dos trabalhadores. A análise baseia-se no modelo de escolha locacional de Roback (1982), a partir do qual é derivado o valor que os trabalhadores atribuem para morar em localidades que lhe ofertem um bom consumo de amenidades naturais. Os principais resultados da pesquisa indicam que os trabalhadores estão dispostos a pagar para morar nas RMs mais próximas à costa, com os maiores índices médios anuais de precipitação, nas RMs mais úmidas, e com as maiores temperaturas médias no mês de janeiro. Por outro lado, os trabalhadores devem ser compensados monetariamente para morar nas RMs com os maiores índices médios de precipitação em setembro e com as maiores temperaturas médias em julho.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-08-06
Como Citar
Rocha, R. de M., & Magalhães, A. M. (2013). As amenidades naturais influenciam a escolha locacional dos trabalhadores? Evidências para as regiões metropolitanas brasileiras. Revista Brasileira De Estudos De População, 28(2), 369-387. Recuperado de https://rebep.org.br/revista/article/view/72
Seção
Artigos originais