Cinquenta anos de crescimento populacional e absorção de mão-de-obra no Brasil: de 1950 a 2000

  • Paulo de Tarso A. Paiva Cedeplar/UFMG

Resumo

A população economicamente ativa (PEA) cresce rapidamente no Brasil, seja em razão do crescimento populacional, seja do aumento da participação feminina. Este ritmo de crescimento continuará, pelo menos, até o final deste século. O impacto causado pela recente queda da fecundidade será moderado e afetará apenas as faixas etárias mais jovens. A despeito do rápido crescimento do emprego na indústria de transformação, o tamanho relativo do chamado setor informal tem-se mantido estável desde 1950. Dada a taxa de crescimento da PEA e o declínio do emprego na agricultura, haverá grande pressão por empregos urbanos nos próximos vinte anos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-02-14
Como Citar
Paiva, P. de T. A. (2014). Cinquenta anos de crescimento populacional e absorção de mão-de-obra no Brasil: de 1950 a 2000. Revista Brasileira De Estudos De População, 3(1), 63-86. Recuperado de https://rebep.org.br/revista/article/view/613
Seção
Artigos originais