Crescimento e distribuição da população brasileira: tendências recentes

George Martine, Liscio Camargo

Resumo


A dinâmica demográfica do Brasil sofreu profundas modificações durante as últimas décadas. Observa-se em declínio importante no ritmo de crescimento da população entre as décadas anteriores e a de 70. Atribui-se esse declínio a uma queda acentuada da fecundidade, que se registrou em todas as regiões, atingindo áreas urbanas e rurais. A explicação dessa redução exige a análise de fatores estruturais e conjunturais relacionados ao contexto político, econômico e social do período. As principais tendências de redistribuição espacial nas últimas décadas são reagrupadas em termos de trocas inter-regionais e rural-urbanas. Observa-se uma convergência crescente dessas duas tendências via concentração progressiva da população em áreas já densamente povoadas de maior dinamismo econômico. As implicações dessas tendências para a a tuação do poder público são analisadas no último capítulo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Revista Brasileira de Estudos de População, ISSN 0102-3098 (Impresso) e ISSN 1980-5519 (on-line) 

E-mail: editora@rebep.org.br e secretaria@rebep.org.br 

Financiadores:

 

        

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia