Emigração internacional de brasileiros para os Estados Unidos: as redes sociais e o papel de intermediação nos deslocamentos exercido pelas agências de turismo

  • Dimitri Fazito Universidade da Flórida
  • Eduardo Luiz Gonçalves Rios-Neto Cedeplar/UFMG
Palavras-chave: Emigração internacional, Redes sociais, Intermediação, Análise estrutural, Agências de turismo, Modelo de Grafos

Resumo

Este trabalho tem como objetivo principal descrever o papel dos “mecanismos intermediários” (em especial o papel ativo das agências de turismo) no processo de emigração internacional de brasileiros para os EUA. Ao propor uma perspectiva relacional para o entendimento do fenômeno migratório, procedeuse a uma análise estrutural formal (fundamentada na Análise de Redes Sociais e Teoria dos Grafos) que possibilitasse a compreensão da emigração por meio de suas propriedades estruturais básicas. As agências de turismo ocupam importante posição estrutural de intermediação das travessias dos emigrantes, desempenhando papel preponderante na regulação dos fluxos migratórios através das redes sociais estabelecidas no sistema da migração internacional brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-08-12
Como Citar
Fazito, D., & Rios-Neto, E. L. G. (2013). Emigração internacional de brasileiros para os Estados Unidos: as redes sociais e o papel de intermediação nos deslocamentos exercido pelas agências de turismo. Revista Brasileira De Estudos De População, 25(2), 305-323. Recuperado de https://rebep.org.br/revista/article/view/161
Seção
Artigos originais