Reconstrução de histórias de nascimentos a partir de dados censitários: uma análise comparativa de duas metodologias

  • Adriana de Miranda-Ribeiro Fundação João Pinheiro/MG
  • Eduardo L. G. Rios-Neto Cedeplar/UFMG
  • José Alberto Magno de Carvalho Cedeplar/UFMG
Palavras-chave: Histórias de nascimentos, Fecundidade, Censo Demográfico

Resumo

Este trabalho tem como objetivo principal aplicar duas metodologias de reconstrução de histórias de nascimentos – uma desenvolvida no Cedeplar e outra de autoria de Luther e Cho (1988) – aos dados censitários brasileiros de 2000, a fim de comparar e testar a confiabilidade dos resultados e a praticidade de cada uma das metodologias. Pretende-se, com isso, determinar a metodologia mais adequada ao caso brasileiro e buscar um melhor aproveitamento das bases de dados disponíveis, no que concerne a formas alternativas de estimação da fecundidade. Para tanto, foram utilizados os microdados do Censo Demográfico de 2000. Os dados de mortalidade foram retirados de Carvalho (1974, 1978), Carvalho e Pinheiro (1986) e do relatório da pesquisa Pronex/Cedeplar (CEDEPLAR, 1999).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-08-12
Como Citar
Miranda-Ribeiro, A. de, Rios-Neto, E. L. G., & Carvalho, J. A. M. de. (2013). Reconstrução de histórias de nascimentos a partir de dados censitários: uma análise comparativa de duas metodologias. Revista Brasileira De Estudos De População, 26(1), 21-35. Recuperado de https://rebep.org.br/revista/article/view/144
Seção
Artigos originais