Entre o ideal e o real: percepções e práticas acerca da divisão de atividades domésticas e de cuidados no Brasil

Palavras-chave: Gênero, Familia, Trabalho

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andrea Branco Simão, PUC/Minas e Cedeplar/UFMG

Andréa Branco Simão é assistente social, doutora em Demografia pelo Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (Cedeplar) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e mestre em Sociologia pela Texas A&M University. Professora do curso de Serviço Social da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e pesquisadora no Cedeplar.

Referências

HASENBALG, C. Discriminação e desigualdades raciais no Brasil. 2. ed. Belo Horizonte: Editora UFMG; Rio de Janeiro: IUPERJ, 2005.

ITABORAÍ, N. R. Mudanças nas famílias brasileiras (1976 – 2012): uma perspectiva de classe e gênero. Rio de Janeiro: Garamond, 2017.

PRADO, D. O que é família. São Paulo: Abril Cultural; Brasiliense, 1981.

Publicado
2019-09-17
Como Citar
Simão, A. B. (2019). Entre o ideal e o real: percepções e práticas acerca da divisão de atividades domésticas e de cuidados no Brasil. Revista Brasileira De Estudos De População, 36, 1-7. https://doi.org/10.20947/s0102-3098a0078
Seção
Resenha