Ouvindo silêncios: Daniel Hogan, o mundo rural e a natureza

Flavia Maria Galizoni, Eduardo Magalhães Ribeiro

Resumo


A produção e as atitudes de Daniel Hogan (1942-2010) permanecem fundamentais para compreender as relações entre população e ambiente no rural brasileiro, especialmente no que diz respeito às grandes migrações, à urbanização acelerada e seus efeitos sobre o meio. Essas contribuições aparecem em estudos que pesquisaram silêncios – grandes lacunas que, até então, existiam na literatura. Assim, Hogan criou perspectivas analíticas inovadoras, que fortaleceram a capacidade de filtrar técnicas para orientar estudos.

Palavras-chave


População rural; Ambiente; Migrações; Daniel Hogan

Texto completo:

PDF

Referências


BOSERUP, E. Evolução agrária e pressão demográfica. São Paulo: Hucitec/Polis, 1987.

CAMARGO, C. P. F. de; CARDOSO, F. H.; MAZZUCHELLI, F.; MOISÉS, J. A.; KOVARICK, L.; ALMEIDA, M. H. T. de; SINGER, P. I.; BRANT, V. C. São Paulo 1975: crescimento e pobreza. São Paulo: Loyola, 1976.

CÂNDIDO, A. Os parceiros do rio Bonito. São Paulo: Livraria Duas Cidades, 1975.

CASTALDI, C. A aparição do demônio no Catulé. São Paulo: Anhembi, 1957.

DURHAM, E. A caminho da cidade: a vida rural e a migração para São Paulo. São Paulo: Perspectiva, 1973.

HARDIN, G. The tragedy of the commons. Science, v. 162, n.3859, p. 1243-1248, Dec. 1968.

HOGAN, D. J. Cidades: usos e abusos. São Paulo: Brasiliense, 1978.

________. Crescimento demográfico e meio ambiente. Revista Brasileira de Estudos de População, Campinas, v. 8, n. 1/2, p. 61-70, jan./dez. 1991.

________. População, pobreza e poluição em Cubatão, São Paulo. In: MARTINE, G. População, meio ambiente e desenvolvimento. Campinas: Editora da Unicamp, 1996.

________. Mobilidade populacional e meio ambiente. Revista Brasileira de Estudos de População, Brasília, v. 15, n. 2, p. 83-92, 1998.

________. A relação entre população e ambiente: desafio para a demografia. In: TORRES, H.; COSTA, H. (org.). Populaçãoe meio ambiente: debates e desafios. São Paulo: Editora Senac, 2000.

________. Mobilidade populacional, sustentabilidade ambiental e vulnerabilidade social. Revista Brasileira de Estudos de População, São Paulo, v. 22, n. 2, p. 323-338, jul./dez. 2005.

________. (org.). Dinâmica populacional e mudança ambiental: cenários para o desenvolvimento brasileiro. Campinas: Nepo/Unicamp, 2007.

LOPES, R. B. Desenvolvimento e migrações: uma abordagem histórico-estrutural. Novos Estudos Cebrap, São Paulo, v. 6, p. 125-143, 1973.

QUEIROZ, M. I. P. O campesinato brasileiro. São Paulo, Vozes/Edusp, 1973.




DOI: https://doi.org/10.20947/S0102-3098a0073

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Revista Brasileira de Estudos de População, ISSN 0102-3098 (Impresso) e ISSN 1980-5519 (on-line) 

E-mail: editora@rebep.org.br e secretaria@rebep.org.br 

Financiadores:

 

        

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia