Dinâmicas de urbanização na hiperperiferia da metrópole de São Paulo: análise dos processos de expansão urbana e das situações de vulnerabilidade socioambiental em escala intraurbana

  • Humberto Prates da Fonseca Alves Unifesp
  • Claudia Durand Alves DSR-Inpe
  • Madalena Niero Pereira DSR-Inpe
  • Antonio Miguel Vieira Monteiro DPI-Inpe
Palavras-chave: Expansão urbana, Vulnerabilidade socioambiental, Hiperperiferia, Metrópole de São Paulo, Indicadores socioambientais, Geoprocessamento, Sensoriamento remoto

Resumo

O objetivo do trabalho é fazer uma análise, em escala intraurbana, das interrelações entre os processos de expansão urbana e as situações de vulnerabilidade socioambiental, em uma região hiperperiférica da metrópole de São Paulo, no período recente (2000 a 2006). A referida região abrange o distrito de Cidade Tiradentes e seu entorno, no extremo leste do município de São Paulo. A metodologia geral do estudo envolve o mapeamento do uso do solo e das áreas de expansão urbana, por meio de imagens de satélite, bem como identificação e caracterização de situações (áreas) de vulnerabilidade socioambiental, pela construção e análise de indicadores socioambientais ao nível dos setores censitários do Censo 2000 do IBGE, integrando dados socioeconômicos, demográficos e ambientais. Os resultados revelam uma expressiva associação entre os processos de expansão urbana e crescimento de assentamentos precários e as situações de vulnerabilidade socioambiental, na região hiperperiférica de Cidade Tiradentes e entorno. Além disso, observa-se existência de grandes sobreposições entre vulnerabilidades sociais e ambientais, com forte concentração de problemas e riscos sociais e ambientais em determinadas áreas, como é o caso dos setores censitários de alta vulnerabilidade socioambiental da região de Cidade Tiradentes e entorno. Estas áreas apresentam altos níveis de irregularidade no uso do solo, com forte presença de assentamentos precários como favelas e loteamentos irregulares, além de condições socioeconômicas extremamente desfavoráveis, com baixíssimos níveis de renda, escolaridade e saneamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-08-08
Como Citar
Alves, H. P. da F., Alves, C. D., Pereira, M. N., & Monteiro, A. M. V. (2013). Dinâmicas de urbanização na hiperperiferia da metrópole de São Paulo: análise dos processos de expansão urbana e das situações de vulnerabilidade socioambiental em escala intraurbana. Revista Brasileira De Estudos De População, 27(1), 141-159. Recuperado de https://rebep.org.br/revista/article/view/123
Seção
Artigos originais