[1]
I. Pardo, W. Cabella, e M. Nathan, “As trajetórias das mulheres sem filhos no Uruguai”, Rev. bras. estud. popul., vol. 37, p. 1-26, jun. 2020.