[1]
N. Sacco e G. Borges, “Há convergência da fecundidade no Brasil e na Argentina? Um enfoque em desigualdades”, Rev. bras. estud. popul., vol. 35, nº 1, p. 1-29, jun. 2018.