[1]
R. Z. Coutinho e A. B. Golgher, “Modelando os determinantes próximos da fecundidade para o Brasil: o advento das preferências competitivas”, Rev. bras. estud. popul., vol. 35, nº 1, p. 1-28, jun. 2018.