[1]
Cabella, W. e Pardo, I. 2016. Chegou a hora de usar indicadores ajustados para estudar a fecundidade na América Latina?. Revista Brasileira de Estudos de População. 33, 3 (dez. 2016), 475-493. DOI:https://doi.org/10.20947/S0102-30982016c0002.