[1]
Rizzotto, J.S., França, M.T.A. e Frio, G.S. 2018. Os arranjos familiares importam no momento de decidir em qual rede de ensino matricular os filhos?. Revista Brasileira de Estudos de População. 35, 1 (jun. 2018), 1-27. DOI:https://doi.org/10.20947/s102-3098a0066.